País

Ucraniano há 20 anos em Portugal pede justiça pela morte de Ihor Homeniúk

“As crianças não vão ter o pai de volta”.

Um ucraniano a viver em Portugal há 20 anos pede justiça para o caso do cidadão que morreu nas instalações do SEF no Aeroporto de Lisboa. Yuri Bilinsk fez parte de uma associação de ucranianos no país e diz que não tem conhecimento de casos de violência.

ESTADO VAI INDEMNIZAR FAMÍLIA DE IHOR HOMENIÚK

O Estado português vai pagar uma indemnização à família do cidadão ucraniano que foi morto a 12 de março nas instalações do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) no aeroporto de Lisboa. A decisão foi anunciada esta quinta-feira, no final do Conselho de Ministros, pela ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva.

EDUARDO CABRITA VAI SER OUVIDO NO PARLAMENTO

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, vai ser ouvido na próxima terça-feira, na Assembleia da República, no âmbito da morte do ucraniano Ihor Homeniuk. Eduardo Cabrita pediu que a audição seja feita por videoconferência, mas ainda não está fechado se será ou não presencial.

A audição foi aprovada esta quinta-feira de manhã por unanimidade, depois de um pedido do PSD que deu entrada na semana passada e de um pedido da deputada não inscrita, Joacine Katar Moreira.