País

Procuradora do DIAP deu ordem à PSP para vigiar jornalistas

Sindicato dos jornalistas já pediu esclarecimentos urgentes à PGR.

Uma procuradora do Ministério Público mandou a PSP vigiar jornalistas, sem autorização de um juiz, no âmbito de um processo que investiga eventuais crimes de violação do segredo de Justiça.

Durante as vigilâncias, a polícia acabaria por tirar fotografias aos profissionais de imprensa, que constam agora do inquérito.

O inquérito tem três arguidos: dois jornalistas e um coordenador superior da Polícia Judiciária que é suspeito de ter passado informações à comunicação social.

O Sindicato dos Jornalistas pediu esclarecimentos urgentes à procuradora-geral da República.