País

Afinal, João Loureiro viajou no avião carregado com mais de 500 kg de droga 

Ex-Presidente do Boavista disse que não tinha estado no voo.

João Loureiro viajou no avião carregado com mais de 500 quilos de cocaína entre São Paulo e Salvador da Baía, no Brasil. O ex-Presidente do Boavista e o espanhol Mansur Herédia foram os únicos passageiros.

O voo deveria seguir depois para Cabo Verde e daí para Tires, em Cascais, já com mais passageiros a bordo, mas um alegado problema detetado pela tripulação levou o comandante a chamar a manutenção que, no dia 9, encontrou a droga escondida da fuselagem.

Exatamente à mesma hora, João Loureiro voava para São Paulo para daí voltar para Lisboa. A informação foi confirmada à RTP pelos dois empresários de futebol que viajaram com ele, o que contraria o que João Loureiro disse à SIC.

À SIC, João Loureiro confirma que, afinal, viajou naquele avião e que acabou por mudar de ideias depois de a data da partida ter sido adiada três vezes.

  • 16:26