País

Idosos tocam concertina em vários lares da Covilhã para animar quem está institucionalizado

Utentes dizem gostar destes momentos.

Um grupo de idosos tocadores de concertina, com idades entre os 60 e os 73 anos, tem percorrido vários lares de terceira idade da Covilhã para animar quem está institucionalizado.

O projeto chama-se "Saúde em Sol Maior" e, em tempos de pandemia, pretende chamar a atenção para as doenças da saúde mental.

Os utentes dizem gostar destes momentos de convívio.