País

Com o SEF oficialmente extinto, sindicato acusa Governo de golpe político

Reestruturação do SEF publicada em Diário da República.

O Sindicato do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras diz que a extinção do SEF é uma tentativa de golpe de estado político que viola a constituição.

O Governo anunciou esta quarta-feira, em Diário da República, a substituição do SEF pelo Serviço de Estrangeiros e Asilo.

De acordo com o plano do Governo, o SEF vai chamar-se Serviço de Estrangeiros e Asilo. Os funcionários ainda não foram informados de qualquer alteração. Depois de concluído, perde todas as competências operacionais para a PSP, GNR e Polícia Judiciária, mantendo apenas as técnico-administrativas.

  • Confidentes de alunos e cúmplices de professores: o braço contínuo

    País

    Chamam-lhes “funcionários” porque funcionam. A expressão até parece sugerir que eles são os únicos que “funcionam”, dentro de uma escola. Acalmem-se os tolos. Significa apenas que os “assistentes operacionais”, ou “auxiliares de ação educativa”, títulos mais pomposos do que “contínuos” – expressão que estimo muito - são pau para toda a colher.

    Opinião

    Rui Correia

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros