País

Autoridades brasileiras retiram suspeita de tráfico sobre João Loureiro

LUSA

Advogado já manifestou o seu agrado com a notícia e diz que não ficou surpreendido.

As autoridades brasileiras descartaram este sábado qualquer ligação do advogado português João Loureiro ao caso da apreensão de um avião com 500 quilos de droga, em fevereiro.

João Loureiro já manifestou o seu agrado com a notícia e diz que não ficou surpreendido.

No passado mês de fevereiro, o advogado seguia num avião que foi apreendido com droga ainda no Brasil e que tinha como destino Lisboa, tendo sido apreendidos 500 quilos de cocaína no interior da aeronave.