País

Imigrantes em Odemira. Debate na SIC Notícias marcado por troca de acusações 

Presidente do Sindicato do SEF criticou Governo e autarca.  

O debate desta terça-feira na Edição da Noite, da SIC Notícias, sobre o drama dos imigrantes em Odemira e as suspeitas de tráfico humano ficou marcado por uma troca de acusações.

Os convidados do debate foram José Alberto Guerreiro, presidente da Câmara Municipal de Odemira, Acácio Pereira, presidente do sindicato do SEF, Luís Mesquita Dias, presidente da Associação dos Horticultores, Fruticultores e Floricultores, e Vasco Malta, chefe da missão da Organização Internacional para as Migrações em Portugal.

José Alberto Guerreiro disse que o problema com imigrantes em Odemira era uma "questão difícil de analisar", devido à incapacidade de perceção do ritmo do fluxo. "Sabemos, obviamente, que durante o pico das colheitas, vem muita gente para cá. Mas, nem tão pouco, conseguimos nunca perceber quais são os números exatos."

Acácio Pereira disse que o SEF já tinha denunciado estas "situações graves" em 2018 e afirmou que se recusava a acreditar que a realidade não era conhecida da população e autoridades. "Toda a gente sabe, toda a gente comenta."

O presidente do sindicato do SEF acusou ainda o autarca da região de só se lembrar dos imigrantes por aproveitamento político. Na resposta, o presidente da Câmara de Odemira negou a acusação, lembrando que não se pode voltar a candidatar e dizendo ainda que está de consciência tranquila.

Luís Mesquita Dias afirmou que os empresários não beneficiam em nada da situação precária dos trabalhadores e saiu em defesa do setor.

Vasco Malta fez uma homenagem aos imigrantes que "estiveram muitas vezes na primeira linha", de combate à pandemia, desde a Saúde ao ciclo produtivo dos bens essenciais, e falou sobre as recomendações que a Organização Internacional para as Migrações apresentou a Portugal, no âmbito da presidência da União Europeia.

Apesar das divergências, todos concordaram que a situação desumana em que vivem os imigrantes deve ser resolvida o mais rápido possível.

  • 2:55