País

Odemira. Imigrantes realojados transferidos para residências das empresas agrícolas

Vinte e três dos 49 imigrantes instalados no Zmar e na Pousada da Juventude já foram retirados das instalações.

O Presidente da Câmara Municipal de Odemira acredita que há condições para levantar o cordão santinário da freguesia de Longueira Almograve na próxima quinta-feira. João Alberto Guerreiro diz que o mesmo não deverá acontecer na freguesia de São Teotónio.

A par disto, 23 dos 49 imigrantes temporariamente instalados no Zmar e na Pousada da Juventude já foram deslocados para residências das empresas agrícolas. Outros 10 também vão ser transferidos na próxima segunda-feira.

As condições desumanas em que viviam e a exploração laboral de que são alvo saltaram para o topo da atualidade quando o Governo concluiu que o foco de contágio em Odemira estava relacionado com estes trabalhadores.

Foram tomadas medidas excecionais, entre elas o cordão sanitário em duas das freguesias do concelho. A evolução tem sido positiva.

Na última reunião do Conselho de Ministros, o Governo fez saber que a partir deste sábado seria permitido entrar em sair das duas freguesias por motivos profissionais ou excecionais. Agora sabe-se que para entrar é necessário um teste negativo à covid-19 realizado nas 72 horas anteriores, se for PCR, ou nas 24 horas anteriores se for um teste rápido.