País

Autarca de Odemira alerta que há imigrantes que desapareceram do concelho

A situação já foi reportadas às autoridades.

O presidente da Câmara Municipal de Odemira, José Alberto Guerreiro, diz que há imigrantes que desapareceram do concelhos nos últimos dias. Reconhece que o processo não correu como esperado

“Foram descritas duas situações de duas habitações que tinham uma lotação considerável e que entretanto ficaram esvaziadas durante este período e realmente isso acontece num período noturno”, disse José Alberto Guerreiro em entrevista à Edição da Tarde.

O autarca refere que a situação já foi reportada às autoridades “para perceber se [os imigrantes] foram para uma condição melhor ou se está em causa alguma situação social”.

José Alberto Guerreiro reconhece que este é “um processo socialmente muito difícil” e reconhece que a noite em que os imigrantes foram realojados foi “muito complexa” e “não deveria ter tido o desenvolvimento que teve”.