País

Costa hasteou bandeira LGBTI para assinalar Dia contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia

Twitter António Costa

Primeiro-ministro fala em compromisso de ter um país mais igual, "onde todas e todos são respeitados"

O primeiro-ministro, António Costa hasteou esta segunda-feira a bandeira LGBT na residência oficial do primeiro-ministro.

Aconteceu a propósito do Dia de Luta contra a Homo, Bi, Trans e Interfobia, que esta segunda-feira se assinala.

O gesto é acompanhado de uma mensagem, nas redes sociais, a referir que o compromisso é o ter um país mais igual e onde todos são respeitados sem lugar para o ódio e discriminação.

Direitos da população LGBTI. Portugal subiu três lugares na lista

Esta segunda-feira assinala-se o Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia. A associação ILGA Europa revelou uma lista dos países que mais respeitam os direitos das pessoas LGBTI. Portugal, ocupa a 4.ª posição, uma subida em relação ao ano passado.

A lista composta por 49 países e divulgada pela associação ILGA Europa revela que, pelo sexto ano consecutivo, Malta é o país que mais respeita os direitos desta comunidade. Bélgica com 74% ocupa a segunda posição, de seguida aparece Luxemburgo. Depois, na quarta posição Portugal, com 68%. Em relação ao ano passado, o país subiu três lugares na tabela.

No fundo da tabela, entre os países que menos respeitam os direitos da população de lésbicas, gays, bissexuais e transgénero estão a Rússia, Turquia e Azerbaijão.

A nível global registou-se uma estagnação no que toca a progressos nestas matérias e um aumento dos pedidos de ajuda. A associação ILGA sublinha que ainda há um longo caminho a percorrer em todos os países no reconhecimento dos direitos humanos.