País

Proibição de plástico de uso único deverá entrar em vigor em julho

Rafael Marchante

Cotonetes, pratos e talheres de plástico deixam de circular.

Deve arrancar no próximo mês a proibição do plástico de uso único em Portugal. De acordo com o jornal Público, o decreto-lei está em discussão pública, mas só deverá entrar em vigor a 1 de julho.

Se avançar, pratos, talheres, palhinhas e cotonetes deixam mesmo de poder entrar no mercado.

Nos espaços de restauração e nos transportes coletivo, fica também proibida a disponibilização e utilização destes produtos, mas apenas a partir de setembro do próximo ano.

Para já, copos para bebidas ou recipientes para alimentos destinados ao consumo imediato ficam de fora. Mas Governo pretende que, até ao final de 2026, haja uma redução de 30% no consumo destes produtos, um valor que deverá chegar aos 50% até ao final de 2030.