País

António Costa afirma que portugueses têm que ser responsáveis no combate à pandemia

Primeiro-ministro diz que o uso de máscara e o distanciamento devem continuar a ser cumpridos.

O primeiro-ministro disse esta sexta-feira que os portiugues têm de ser responsáveis no combate à pandemia.

António Costa sublinhou que Portugal ainda não atingiu a imunidade de grupo e que, por isso, "não se podem fazer festas de anos com 500 pessoas".

No caso dos eventos, como festas, casamentos e batizados, esclareceu que todos os participantes devem fazer um teste à covid-19 e que devem continuar a cumprir o uso de máscara e o distanciamento social.

  1. Covid-19. António Costa critica coordenação nos critérios de vacinação na Europa
  2. Chega vai recorrer aos tribunais para "reverter decisão de encerrar" a Área Metropolitana de Lisboa
  3. Covid-19: Israel troca com palestinianos um milhão de doses de vacinas
  4. Máscara deixa de ser obrigatória em espaços exteriores em Espanha a partir de 26 de junho