País

EUA dizem que Portugal ficou aquém no combate ao tráfico humano em 2020

Canva

Mundialmente, foram identificadas 109 mil vítimas.

Os Estados Unidos da América consideram que Portugal não se esforçou o suficiente para combater o tráfico humano em 2020.

De acordo com o relatório apresentado esta quinta-feira em Washington, o Governo português não cumpre os padrões mínimos.

No ano passado, Portugal iniciou 82 investigações de tráfico humano.

Em todo o mundo, foram identificadas mais de 109 mil vítimas, 14 mil eram vítimas de trabalho escravo.