País

Enfermeiros deixam estrada em frente ao Ministério da Saúde repleta de sapatos gastos

Os enfermeiros apelam ao Governo para a justa valorização da classe.

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses realizou esta quinta-feira uma manifestação em frente ao Ministério da Saúde.

A estrada em frente ao Ministério da Saúde ficou repleta de sapatos gastos dos enfermeiros. Um a um foram pousando os sapatos no chão com uma mensagem escrita.

Cansados que nenhum dos problemas que têm enfrentado seja resolvido, os enfermeiros também ergueram cartazes com imagens que refletem o que tem sido o dia-a-dia deles.

A falta de enfermeiros no Serviço Nacional de Saúde é algo que marca a revolta dos manifestantes. O aumento do número de doentes internados por covid-19, a aceleração do processo de vacinação e a necessidade de resposta aos doentes contirbuiram também para a necessidade de horas extrordinárias, mais enfermeiros e a suspensão das férias. Estes são outros dos motivos da revolta e do descontentamento de tantos enfermeiros.