País

Detenção de Luís Filipe Vieira. "Todas as medidas de coação estão em aberto"

Tiago Melo Alves explica o processo civil que o presidente do Benfica enfrenta nos próximos dias.

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, foi esta quarta-feira detido. Pelo menos cinco pessoas foram detidas, uma delas de Braga. Tiago Melo Alves, advogado de direito penal, explica o processo que Vieira enfrenta agora.

No prazo de 48 horas, o presidente do Benfica irá ser apresentado ao juiz. Nessa audiência “o que costuma acontecer é o representante legal pedir acesso aos elementos de prova que motivaram a detenção para depois preparar as declarações ou não da pessoa”. A aplicação das medidas de coação poderão demorar vários dias a ser conhecidas.

“Todas as medidas de coação estão em aberto. Não há nenhuma medida de coação que esteja reservada a pessoas que não são presidentes de clubes de futebol. O leque de medidas de coação que o juiz tem ao seu dispor aplicam-se a todos os cidadãos. Não há privilegiados. A lei é igual para todos”, sublinha o advogado.

O advogado considera que possível proibição de Vieira de manter o cargo de presidente do Benfica só faz sentido se "estes factos tiverem que ver com atos praticados durante as funções de presidente do Benfica e relacionados com o Benfica".

Veja mais: