País

Extinção do SEF aprovada no Parlamento

Votos a favor do PS e abstenção do Bloco de Esquerda. PSD, CDS, PCP e PEV votaram contra.

O Parlamento aprovou a reforma do SEF, com votos a favor do PS e a abstenção do Bloco de Esquerda. PSD e CDS dizem que esta restruturação surge para esconder erros de governação e que o ministro Eduardo Cabrita já não conta neste Governo.

Há meses em clima de pré-extinção, a reforma do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras chega agora a debate, depois da maioria dos partidos ter pressionado a discussão que o Governo entendia que não tinha de vir ao Parlamento.

O clima de tensão entre PS e PSD teve um segundo round mais à frente no debate.

A proposta do Governo passa com os votos a favor do PS e a viabilização do Bloco de Esquerda. O BE acaba por ser a tabua de salvação da reforma, que tem votos contra de PSD, CDS e PCP.

Falta saber o que vai acontecer aos cerca de 1800 funcionários do SEF.