País

Recuperar aprendizagens é prioridade no regresso as aulas

O novo ano letivo arranca esta semana.

Até dia 17 as escolas vão receber os alunos ainda com os planos de contingência em vigor por causa da pandemia. A prioridade é evitar os contágios e recuperar as aprendizagens.

Com a manutenção das regras de proteção individual, com a vacinação em curso e os rastreios covid à vista tudo se conjuga para que o ano letivo 2021/2022 seja 100 por centro presencial. Ainda assim, a escola Clara de Resende vai manter a plataforma classroom, a sala de aulas digital para ensino à distância.

Num ano letivo que não traz grandes alterações ao que já estava em vigor, há uma novidade para todas as escolas: dos bares e máquinas de venda automática vão desaparecer mais de 50 produtos considerados prejudiciais à saúde. As escolas têm até ao final de Setembro para rever contratos com fornecedores.

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros