País

Limites de margens nos combustíveis ameaçam empresas mais pequenas

Revendedores de combustíveis ameaçam com o encerramento temporário de postos de abastecimento.

Os revendedores de combustíveis ameaçam com o encerramento temporário de postos de abastecimento. É uma forma de protesto contra a nova lei que impõe limites às margens na comercialização.

Temporariamente algumas bombas de combustível poderão encerrar com dia e hora marcada.

A Associação Nacional de Revendedores de Combustíveis contesta a lei aprovada a passada semana no Parlamento que impõe limites às margens na comercialização de combustíveis. Uma medida que dizem desviar a atenção da verdadeira causa dos preços.

A nove lei é vista como uma forma de distorcer as condições de concorrência no mercado e levar ao fecho das empresas mais pequenas, numa altura em que a maioria já vive com dificuldades.

A ANAREC vai ao encontro do parecer enviado para o Parlamento pela Autoridade da Concorrência, que alerta para a imposição de uma concorrência limitada que poderá fazer desaparecer empresas pequenas e ainda que a proposta do Governo não fixa a margem para combustíveis aditivados, que têm uma variação de preços muito diferente dos combustíveis simples.

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia