País

Crise nas urgências de obstetrícia: Braga e Almada com serviços fechados, Loures fecha esta noite

Loading...

No Porto, o São João tem servido de retaguarda para casos graves sempre que há urgências de obstetrícia encerradas.

As urgências de obstetrícia e os blocos de partos dos hospitais de Braga e Almada permanecem fechados por falta de médicos especialistas. Logo à noite, o mesmo serviço encerra no hospital Beatriz Ângelo, em Loures.

Funcionou normalmente no sábado mas hoje, a partir das 20h00, a urgência de obstetrícia de Loures encerra.
As ambulâncias que transportem grávidas só voltam a entrar às 8 da manhã de segunda-feira.

A informação sobre os horários dos serviços de obstetrícia e blocos de partos de todos os hospitais vai sendo atualizadas no portal do Serviço Nacional de Saúde.

Hoje há duas urgências de obstetrícia encerradas. A de Braga, que fechou ontem à noite e só deverá reabrir às 00h00 de segunda-feira. E a de Almada que foi a que esteve parada mais tempo este fim de semana. Encerrou na sexta e só reabre amanhã às 8h.

No Porto, o São João tem servido de retaguarda para casos graves sempre que há urgências de obstetrícia encerradas.

Mas o Sindicato Independente dos Médicos avisa que a falta de especialistas pode em breve afetar o maior hospital da região.

Para dar resposta à falta de especialistas o governo criou um diploma que permite pagar até 70 euros por cada hora de trabalho suplementar, mas só a quem já tiver ultrapassado as 150 horas extraordinárias.

O regime dura até 31 de janeiro, enquanto decorrem as negociações entre o ministério da saúde e os sindicatos.

Últimas Notícias
Mais Vistos