País

"É uma gestão danosa": funcionários da TAP contestam ministro e pedem que assuma erros cometidos

Loading...
Centenas de funcionários da TAP manifestaram-se em frente ao Ministério das Infraestruturas.

Centenas de funcionários da TAP manifestaram-se durante a manhã desta terça-feira contra o que dizem ser uma má gestão da companhia aérea. A TAP lamenta os constantes ataques dos sindicatos na comunicação social.

Vários funcionários da TAP marcharam até ao edifício do Ministério das Infraestruturas com o objetivo de entregar ao ministro uma carta com as reivindicações dos trabalhadores da companhia aérea. Contestam principalmente as despesas excessivas que a empresa tem feito com contratações a outras companhias, a mudança do edifício da TAP, os salários e a política de venda de bilhetes.

Já a Comissão Executiva da TAP responde aos funcionários dizendo que reconhece o esforço feito pelos mesmos neste momento, mas deixa claro que existe um compromisso entre a empresa e os trabalhadores que visa cumprir o plano de reestruturação até 2025.

A direção da empresa já explicitou também que não participará em diálogos ou declarações públicas, lamentando assim as várias tentativas de ataque por parte de alguns sindicatos.

O Ministério das Infraestruturas afirma que está atento às exigências dos trabalhadores da TAP, e assume que a companhia está a atravessar o momento mais difícil de sempre, contudo garante que o plano de reestruturação está a ser executado com rigor.

Últimas Notícias
Mais Vistos