País

Maternidade Alfredo da Costa vai, afinal, funcionar em pleno até ao final de agosto

Loading...
Profissionais com menos horas extraordinárias vão assegurar as falhas que existiam nas escalas até ao final do mês.

Tudo indicava que o bloco de partos da maternidade Alfredo da Costa, em Lisboa, ia encerrar esta terça-feira, às 21:00, e só ia voltar a reabrir na próxima sexta-feira de manhã. Mas, afinal, vai estar a funcionar sem constrangimentos, pelo menos, até final deste mês.

O anúncio foi feito pelo diretor da área de Ginecologia e Obstetrícia, Ricardo Mira, esta terça-feira ao final da manhã.

Já conseguimos dar a volta e colmatar as falhas.

Estas falhas que existiam nas escalas vão ser asseguradas pelos profissionais com menos horas extraordinárias, explicou o médico.

Ricardo Mira deixou ainda a garantia que o funcionamento em pleno da maternidade está assegurado até ao final do mês de agosto.

Em relação ao mês de setembro, o diretor da área de Ginecologia e Obstetrícia afirmou ser ainda "precoce para falar", mas acredita que "ainda é possível resolver o problema".

No hospital Beatriz Ângelo, em Loures, tanto o bloco de partos como o a urgência só estarão abertos durante as noites de quarta, quinta e sexta-feira. No fim de semana, o serviço deverá funcionar normalmente.

Também no hospital Garcia de Orta, em Almada, a urgência e o bloco de partos estarão fechados desde as 20:00 de sábado até às 8:00 da manhã de segunda-feira.

De recordar que o portal do SNS disponibiliza informação sobre os serviços de urgência com constrangimentos nos diferentes pontos do país.

Últimas Notícias
Mais Vistos