País

Lei para descendentes de judeus sefarditas vai mudar e número de processos dispara

Loading...

Há filas durante a noite à porta das conservatórias e o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública e de Entidades com Fins Públicos diz que a situação está caótica.

A partir de quarta-feira vai ser mais difícil conseguir a nacionalidade portuguesa para os descendentes dos Judeus Sefarditas.

O regime de concessão da cidadania vai mudar a partir de 1 de setembro e os requisitos necessários vão ser mais exigentes. Por isso o número de processos disparou e as filas aumentaram à porta das conservatórias aumentaram.

Com o aproximar da data de alteração da lei, o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública e de Entidades com Fins Públicos diz que a situação está caótica, com uma média de entrada de três mil processos por dia.

O Instituto dos Registos e Notariado (IRN) já anunciou que vai reforçar temporariamente o número de postos de atendimento em Lisboa e no Porto para responder ao aumento de procura de pedidos de nacionalidade.

Últimas Notícias
Mais Vistos