País

Manuel Pinho estará a ser investigado por ligações a consultora Roland Berger

Loading...
Manuel Pinho terá recebido uma avença de 230 mil euros, entre 2010 e 2013, de uma empresa que, anos antes, teria sido indicada pelo próprio para realizar o Plano Estratégico Nacional do Turismo.

O ex-ministro da Economia terá recebido uma avença de 230 mil euros, entre 2010 e 2013, da empresa Roland Berger. A mesma consultora que, anos antes, Manuel Pinho, enquanto ministro, teria indicado para realizar o Plano Estratégico nacional do Turismo e a quem foi pago cerca de um milhão de euros.

A notícia foi avançada esta quinta-feira pelo Observador, que diz que a empresa em questão não conseguiu encontrar documentação que comprove os serviços prestados pelo ex-ministro. Defende que o pagamento da avença tinha como objetivo utilizar os conhecimentos, as competências e a experiência do professor.

Manuel Pinho diz que nunca teve qualquer envolvimento com projetos em Portugal. Já quanto à contratação da empresa Roland Berger enquanto exercia o cargo de ministro da Economia, refere que a consultora é reconhecida como um líder mundial no setor do turismo.

Últimas Notícias
Mais Vistos