País

Bloco de partos da maternidade Alfredo da Costa volta a encerrar

Fecho está previsto acontecer esta sexta-feira e na próxima segunda-feira.

O bloco de partos da maternidade Alfredo da Costa vai voltar a fechar esta sexta-feira e na próxima segunda-feira por falta de médicos.

Segundo a informação que consta no Portal do SNS sobre os Serviços de Urgência Obstétrica/Ginecológica, o bloco de partos não estará a funcionar entre as 09:00 de sexta-feira e as 09:00 de sábado. Já na segunda-feira a indicação é que estará a funcionar apenas entre as 00:00 e as 09:00.

Dos 55 especialistas desta maternidade, só 44 fazem serviço de urgência, sendo que três estão de baixa e outros oito apresentaram escusa de trabalho noturno por terem mais de 50 anos.

Ao Jornal Público, a administração do hospital diz que os médicos se estão a recusar a fazer mais horas extraordinárias. Esta será a sexta vez que a maior maternidade do país fecha desde o início do verão.

Em agosto, a partir de dia 23, todas as escalas foram asseguradas pelos profissionais com menos horas extraordinárias, explicou na altura o diretor da área de Ginecologia e Obstetrícia, Ricardo Mira.

Quanto às escalas de setembro, o médico referiu também na mesma altura que era "precoce para falar", mas que acreditava ser "ainda possível resolver o problema".

Últimas Notícias
Mais Vistos