País

Objetivo da nova direção do SNS é "melhorar as condições de saúde dos portugueses"

Loading...
Fernando Araújo aceitou o cargo e vai liderar o novo organismo.

Já é oficial, Fernando Araújo aceitou o cargo e vai liderar a nova Direção Executiva do SNS. O novo organismo tem um regime especial e pode emitir orientações vinculativas sobre todo o Serviço Nacional de Saúde.

O grande objetivo da nova Direção Executiva do SNS é coordenar a reposta e melhorar o seu funcionamento. O novo instituto público não fica submetido ao poder executivo do Ministério da Saúde e beneficia de um regime especial que se desvia do regime comum da lei-quadro dos institutos públicos.

A nova Direção Executiva tem autonomia e pode emitir regulamentos e orientações com caráter vinculativo sobre todos os estabelecimentos do Serviço Nacional de Saúde.

"Trazer uma melhor articulação a este conjunto de redes, tendo como preocupação principal servir os portugueses e melhorar as condições de saúde dos portugueses e melhorar o acesso dos portugueses ao sistema de saúde", afirmou Manuel Pizarro, ministro da Saúde.

Esta nova Direção Executiva só entrará em pleno funcionamento a 1 de janeiro de 2023, e o diretor executivo será Fernando Araújo, presidente do Conselho de Administração do Hospital de São João, que fica com um mandato de três anos renovável por três vezes.

Últimas Notícias
Mais Vistos