País

"Sempre os Mesmos a Pagar": protestos no Porto, Coimbra e Lisboa contra o aumento custo de vida

Loading...

Dezenas nas ruas para exigir ao Governo que tome medidas que permitam “baixar o preço de bens essenciais”.

O movimento “Sempre os Mesmos a Pagar” saiu à rua em várias cidades do país num protesto nacional contra o aumento do custo de vida.

No Porto, os manifestantes marcaram encontro na Praceta da Palestina e seguiram rumo ao Mercado do Bolhão. Protestam contra o empobrecimento da população, fruto do aumento dos preços e dos baixos salários e reformas.

Os manifestantes criticam os apoios anunciados pelo Governo, que pouco servem, e o lucro das grandes empresas. Exigem novas medidas como a fixação dos preços dos alimentos, dos combustíveis e das rendas.

Reivindicam, ainda, a redução do IVA da energia para 6% e o aumento geral dos salários, reformas e pensões.

Em Lisboa, os manifestantes concentraram-se no largo de São Domingos, na zona do Rossio, em Lisboa, munidos de cartazes e tarjas para ecoar em uníssono palavras de ordem contra a inflação e a “especulação de preços”, dizendo que “não podem ser sempre os mesmos a pagar”.

Durante o dia de hoje estão também agendadas ações de protesto do mesmo movimento nos distritos do Porto, Leiria, Braga, Santarém, Évora, Coimbra, Aveiro, Beja, Portalegre e Setúbal.

Últimas Notícias
Mais Vistos