País

Marcelo Rebelo de Sousa reage à saída de Jerónimo de Sousa

Marcelo Rebelo de Sousa reage à saída de Jerónimo de Sousa
RODRIGO ANTUNES

Marcelo Rebelo de Sousa recorda o percurso político de Jerónimo de Sousa e felicita Paulo Raimundo.

O Presidente da República lembra o percurso político de Jerónimo de Sousa momentos depois de ter sido anunciada a saída do secretário-geral do partido.

“Mantive sempre com o secretário-geral do PCP, uma cooperação institucional e manteve sempre uma cooperação institucional com o Presidente da República, independentemente de concordância e discordâncias, como aconteceu na votação do último orçamento de Estado”, afirmou o Presidente da República.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, realçou ainda a "cortesia institucional" de Jerónimo de Sousa como secretário-geral do PCP e desejou felicidades a Paulo Raimundo, proposto para seu substituto.

O chefe de Estado falava aos jornalistas no fim de uma visita à Casa das Histórias – Paula Rego, em Cascais, no distrito de Lisboa, em reação à notícia da saída de Jerónimo de Sousa das funções de secretário-geral do PCP, anunciada pouco antes.

Em comunicado, o PCP anunciou que Jerónimo de Sousa, "refletindo sobre a sua situação de saúde e as exigências correspondentes às responsabilidades que assume, colocou a questão da sua substituição nas funções que desempenha" como secretário-geral do PCP.

Numa reunião do Comité Central do PCP marcada para o próximo sábado, 12 de novembro, "será feita a proposta de eleição de Paulo Raimundo para secretário-geral do PCP", lê-se no mesmo comunicado.

Últimas Notícias
Mais Vistos