País

Três meses após o incêndio na Serra da Estrela, o que mudou?

Loading...

Lesados continuam sem apoios.

Três meses depois do grande incêndio na Serra da Estrela, pouco ou nada mudou. Nem as encostas queimadas foram intervencionadas, nem os lesados receberam os apoios definidos em 15 de setembro.

A Direção Regional de Agricultura já recebeu da freguesia de Videmonte mais de um milhão de euros de prejuízo e a lista ainda não está fechada.

Em meados de outubro, o Governo assinou contratos-programa para estabilizar solos e limpar cursos de água e 8,9 milhões de euros para o Parque Natural da Serra da Estrela.

Quase um mês depois, as autarquias ainda estão em fase de concurso e as empreitadas não estão no terreno.

Por publicar, está também a portaria que apoia quem não declara atividade, mas perdeu hortas e abrigos de apoio à agricultura de subsistência, e que prevê cerca de 1.200 euros pagos pela Segurança Social.

Últimas Notícias