País

Trabalhadores da Autoeuropa em greve duas horas por turno nos dias 17 e 18 de novembro

Loading...

Exigem 5% de aumento extraordinário de salários.

Os trabalhadores da Autoeuropa vão avançar para a greve, nos dias 17 e 18 de novembro. A paragem de duas horas por turno foi decidida depois da administração recusar a revindicação de aumentos salariais extraordinários de 5% por causa da inflação.

No final de quatro plenários de trabalhadores, a decisão é anunciada como sendo a vontade da maioria.

A greve a 17 e 18 de novembro vai parar a produção na Autoeuropa duas horas por turno.

Para voltar à paz exigem pelo menos a abertura da administração para negociar um aumento extraordinário por causa da inflação.

Além dos 2% que constam do acordo de empresa para 2022 e 2023, reclamam 5%, com retroativos a julho.

A empresa decidiu que compensaria os trabalhadores com um bónus único de 400 euros.

Admitem já passar a outro protesto se este não for suficiente.

O impacto desta greve da Autoeuropa, que dizem que terá um dos melhores anos., é entre 400 a 500 carros que ficarão por sair das linhas de produção.

Últimas Notícias
Mais Vistos