Economia

Autoeuropa retoma produção depois de paragem de mais de uma semana

NurPhoto

A empresa não tinha semicondutores suficientes.

A Autoeuropa retoma esta quarta-feira a produção depois de uma paragem de mais de uma semana. A empresa não tinha semicondutores suficientes para continuar a garantir a produção de carros.

Estas peças são, em grande parte, fornecidas por fabricantes asiáticos, que ainda mantêm várias restrições por causa da pandemia de covid-19. A fábrica de Palmela já parou várias vezes nos últimos meses por causa do mesmo problema.

Os salários estão assegurados, mas a empresa já disse que vai recorrer a um programa de apoio à atividade económica.

A fábrica de automóveis de Palmela produz atualmente os modelos MPV e T-Roc. Com mais de 5.000 colaboradores, dos quais 98% com vínculo permanente, a Autoeuropa produziu em 2020 um total de 192.000 automóveis e 20 milhões de peças para outras fábricas do grupo alemão, que representam 1,4% do Produto Interno Bruto (PIB) e 4,7% das exportações portuguesas.

Veja também: