País

Montenegro diz que vai obrigar Costa a tomar posição sobre revisão constitucional

Loading...
Líder do PSD fez várias exigências ao Governo durante a tomada de posse do presidente distrital de Viseu.

Luís Montenegro lamenta que o país tenha um Governo que dispõe de todas as condições e instrumentos, mas que - nas palavras do líder do PSD - não consegue manter-se coeso.

O líder do PSD responsabiliza o Partido Socialista pelos sucessivos casos de demissão: "Esta semana demitiu-se um secretário de Estado que não é um secretário de Estado qualquer, é o secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, que funciona no gabinete do primeiro-ministro, que só tem uma competência, que é ajudar o primeiro-ministro".

Quanto à polémica que envolve o ex-governador do Banco de Portugal, o presidente do PSD exige explicações: "O primeiro-ministro de Portugal interveio ou não neste assunto? Quis ou não quis proteger a engenheira Isabel dos Santos? É isso que os portugueses querem saber e eu quero daqui desafiar o doutor António Costa a responder. Fez o contacto ou não fez? E se fez, foi ou não foi no sentido de manter a posição que a engenheira Isabel dos Santos tinha naquela instituição financeira?", questiona.

Montenegro quer também obrigar o primeiro-ministro a tomar uma posição sobre as propostas do PSD para a revisão constitucional.

"O senhor doutor António Costa vai ter que explicar ao país porque é que não quer, se é que não quer, criar um conselho da coesão territorial intergeracional. O senhor doutor António Costa vai ter de explicar ao país, se recusar a nossa proposta."

Últimas Notícias