País

Marcelo, Nyusi e Lula reunidos em Belém, na rua apoiantes de Bolsonaro protestam

Marcelo, Nyusi e Lula reunidos em Belém, na rua apoiantes de Bolsonaro protestam
TIAGO PETINGA/Lusa

O encontro a três não estava previsto. No exterior do Palácio de Belém, há manifestações a favor e contra Lula da Silva.

O chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, o Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, e o Presidente eleito do Brasil, Lula da Silva, reuniram cerca de 15 minutos. O encontro não estava previsto.

Marcelo ia receber, às 15:00, Filipe Nyusi e depois Lula da Silva, às 17:00. Porém, o encontro com Filipe Nyusi prolongou-se e Lula da Silva chegou antes da hora marcada. Foi então anunciado aos jornalistas presentes no local que os três se iriam reunir.

Na Sala das Bicas do Palácio de Belém, Marcelo Rebelo de Sousa, Filipe Nyusi e Lula da Silva posaram por alguns instantes perante os repórteres de imagem, cumprimentaram-se os três juntando as mãos. Foram apenas cerca de 15 minutos, depois Marcelo e Lula ficaram, como previsto, sozinhos.

O encontro durou pouco mais de uma hora. Nem Marcelo, nem Lula fizeram declarações à comunicação, tendo o governante brasileiro rumado logo a São Bento, onde vai encontrar-se com António Costa

Protestos no exterior do Palácio de Belém

No exterior do Palácio de Belém, algumas dezenas de apoiantes de Jair Bolsonaro juntaram-se em protesto e entoando “Lula ladrão, o seu lugar é na prisão”. Ao local chegaram também apoiantes de Lula da Silva, Presidente eleito.

A polícia foi obrigada a separar os dois grupos de manifestantes, que foram encaminhados para o outro lado da estrada e estão agora separados por grades, como relata a jornalista da SIC Carolina Reis, em direto do local.

Loading...
Últimas Notícias
Mais Vistos