País

Caos nas urgências do Hospital de Évora: há ambulâncias retidas e tempos de espera cada vez maiores

Loading...

Problema prolonga-se há mais de uma semana.

O Hospital de Évora está com dificuldades no atendimento no serviço de urgência e o tempo de espera aumenta cada vez mais. Várias ambulâncias ficam retidas no hospital pelos utentes estarem a usar as suas macas. O hospital diz que a situação se deve a uma "afluência elevada" nesta altura do ano.

A situação tem-se tornado cada vez mais insuportável para os muitos utentes que procuram cuidados médicos nos Serviços de Urgência Geral e Pediátrica do Hospital do Espírito Santo.

O problema prolonga-se há mais de uma semana, mas a administração do hospital garante que todas as escalas estão preenchidas com as habituais especialidades.

A elevada afluência é o principal causador dos inconveniências que se registam, assim como a "procura significativa de utentes com situações clínicas mais graves, que exigem mais cuidados", complexos e demorados.

Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Évora, há dias caóticos em que as cinco ambulâncias destinadas a serviços de urgência que a corporação detém se encontram retidas no hospital num período coincidente.

A administração do Hospital de Évora apela à população para recorrer à linha de apoio SNS 24, antes de se dirigir à unidade hospitalar, "para que seja orientado de acordo com o grau de gravidade".

Últimas Notícias
Mais Vistos