País

Vítimas de tráfico humano no Alentejo estão a ser realojadas

Loading...

Os detidos por suspeitas de tráfico humano começam a ser ouvidos pelo Polícia Judiciária.

A megaoperação da Polícia Judiciária no Alentejo resultou em 35 detenções por alegado crime de tráfico humano. O diretor-nacional da Polícia Judiciária (PJ) garante que está a decorrer o processo de realojamento de imigrantes, vítimas da rede de tráfico. Por outro lado, os detidos começam a ser ouvidos esta quinta-feira.

Centenas de pessoas estariam a ser escravizadas nos campos agrícolas do Alentejo. Esta quinta-feira, as vítimas estão a ser realojadas por equipas especializadas, num processo sigiloso.

Os detidos, 35 portugueses e estrangeiros começam a ser ouvidos, por estarem a ser indiciados pela prática de crimes de tráfico de pessoas, associação criminosa, branqueamento de capitais e falsificação de documentos.

A alegada rede criminosa desmantelada pela Polícia Judiciária angariava e escravizava imigrantes em campos agrícolas no distrito de Beja.

Últimas Notícias
Mais Vistos