País

Atrasos de uma hora e comboios sobrelotados: CP e IP cumprem greve de 24 horas

Atrasos de uma hora e comboios sobrelotados: CP e IP cumprem greve de 24 horas
Nuno Filipe Pereira/EyeEm

A paralisação afeta ligações a nível nacional.

A greve nos comboios afetou a vida de milhares de passageiros de Norte a Sul do país esta manhã e também deverá acontecer ao final do dia. A paralisação de 24 horas junta os trabalhadores da CP e da Infraestruturas de Portugal (IP), que exigem um subsídio para atenuar o aumento do custo de vida.

Em Lisboa, houve quem esperasse mais de uma hora e, mesmo assim, não tenha conseguido seguir viagem, porque as carruagem estavam sobrelotadas.

Apenas estiveram assegurados 25% dos comboios, apesar de algumas das ligações tenham sido reforçadas, com comboios e mais carruagens, para tentar minimizar o impacto da greve.

A Fertagus, que liga Lisboa e Setúbal por comboio, "prevê poder realizar 25% da sua oferta normal de dia útil" hoje, devido à greve na IP, entidade gestora da circulação ferroviária.

A greve dos trabalhadores da CP e Infraestruturas de Portugal levou à supressão de 394 comboios até às 12:00 horas, adiantou fonte oficial da operadora à Lusa.

"Até às 12:00, circularam 164 comboios, todos de serviços mínimos", destacou a mesma fonte, indicando que o "total programado até esta hora era de 558 comboios".

Assim, disse a CP, circularam oito comboios de longo curso, 42 regionais, 77 urbanos de Lisboa e 37 urbanos do Porto. A IP, por sua vez, só deverá revelar números durante a tarde.

Últimas Notícias
Mais Vistos