País

Candidatos à liderança da Iniciativa Liberal confiantes na vitória

Convenção Nacional da Iniciativa Liberal
Convenção Nacional da Iniciativa Liberal
ANTÓNIO PEDRO SANTOS

Rui Rocha, Carla Castro e José Castro já chegaram à Convenção Nacional da Iniciativa Liberal, onde será votada a nova liderança do partido.

A Iniciativa Liberal começa este sábado a Convenção Nacional onde será votada a nova liderança do partido. Depois de João Cotrim de Figueiredo ter anunciado que se iria afastar da presidência da IL, três listas se apresentaram à corrida. Rui Rocha, Carla Castro e José Cardoso mostram-se confiantes na vitória.

Rui Rocha "absolutamente confiante" na vitória, disponível para regras que partido decidir

O candidato à liderança da Iniciativa Liberal (IL) Rui Rocha manifestou-se "absolutamente confiante" na vitória e afirmou que, se assim for decidido pelos órgãos do partido, até fará "quinze voltas".

O deputado e dirigente da IL chegou ao Centro de Congressos de Lisboa acompanhado de dezenas de apoiantes, sem bandeiras, mas com gritos de entusiasmo e, questionado pelos jornalistas, revelou o que espera desta reunião magna.

"Uma expectativa extraordinária, vamos ter uma convenção fantástica com grande debate de ideias. Estou absolutamente confiante [na vitória], temos um enorme apoio, e vamos partir daqui para transformar Portugal", afirmou.

Loading...

O candidato defendeu, por outro lado, que mal termine a convenção todos vão estar "unidos para uma IL mais forte para combater a evidente degradação da governação socialista".

Questionado se admite que possa alterar-se o Regimento da Convenção para que haja uma segunda volta -- caso nenhum dos três candidatos obtenha 50% dos votos, como pretende um dos adversários, José Cardoso -, o deputado disse estar "disponível para tudo os que os órgãos do partido entenderem".

"Se for preciso faremos 15 voltas, o que é preciso é transformar o país", defendeu.

À pergunta se a IL não corre o risco de perder identidade, Rui Rocha salientou que essa questão se colocou sempre que o partido mudou de liderança.

"E a IL respondeu sempre com sucesso e crescimento", defendeu.

Carla Castro com grau de confiança "muito alto" quer ganhar à primeira volta

A candidata à liderança da Iniciativa Liberal, Carla Castro, manifestou um grau de confiança "muito elevado" na sua eleição, dizendo que veio para "ganhar à primeira volta" e vincou a importância da unificação do partido após a convenção.

À chegada ao Centro de Congressos de Lisboa, onde hoje e domingo vai decorrer a VII Convenção da Iniciativa Liberal, a deputada Carla Castro chegou acompanhada de cerca de duas dezenas de apoiantes empunhando bandeiras.

Questionada sobre o seu grau de confiança, Carla Castro respondeu: "Muito alto".

"Eu vim aqui para ganhar à primeira volta e é esse o espírito com que estamos, mas nós estamos disponíveis para conversar sobre segunda volta", afirmou.

Loading...

Carla Castro diz ter sentido nos últimos dias "uma grande adesão pela parte de todos os membros" e mostrou-se certa de que "vai correr muito bem".

Interrogada sobre a sua permanência na bancada da IL no parlamento caso não ganhe as eleições internas, a dirigente disse ter sido "muito clara sobre a necessidade de unificação do partido" independentemente de quem ganhe.

"Aliás, nós temos aqui uma mensagem muito clara à frente desta convenção hoje justamente a dizer isto: nós no dia seguinte estaremos todos juntos a trabalhar por um Portugal mais liberal", disse, fazendo referência a um cartaz colocado à entrada do centro de congressos com uma fotografia sua e a frase 'Votos de uma excelente convenção, apoie quem apoiar. Segunda-feira estaremos todos juntos a trabalhar outra vez'.

Já quanto a possíveis dificuldades após a liderança de João Cotrim de Figueiredo, a deputada mostrou-se confiante de que a IL continuará a crescer.

"A IL sempre soube crescer nas mudanças de presidente e é isso que vai acontecer, nos vamos continuar a crescer", vincou.

Momentos depois da entrada de Carla Castro o número 1 da lista B ao Conselho Nacional, Nuno Simões de Melo, disse aos jornalistas que apoiava Carla Castro "a título pessoal".

José Cardoso dá ênfase às “ideias que traz” e recusa mover-se “por visibilidade pública”.

José Cardoso foi o primeiro candidato da Iniciativa Liberal a chegar ao Centro de Congressos de Lisboa. Apesar de ter sido o último a anunciar a candidatura e de não ser conhecido do público, sublinha que o mais importante são as ideias que traz.

“No partido já fui a duas eleições. as pessoas publicamente não conheciam porque os outros dois candidatos são deputados, mas no partido sou razoavelmente conhecido. Relevante não é quando se apresenta [a candidatura], é as ideias que traz”, diz à chegada à Convenção Nacional.

Loading...

O candidato à presidência da IL sublinha que não se move “por visibilidade pública”, mas acrescenta ter mostrado trabalho nos três anos em que integrou o Conselho Nacional do partido.

“Achei que o relevante era todo o trabalho que apresentei no Conselho Nacional e hoje, se olharmos para as propostas dos três candidatos, sou capaz de arriscar que 70% a 80% dos temas em debate, quem os levantou nos últimos três anos no partido fui eu”, afirma.

Últimas Notícias
Mais Vistos