E se fosse consigo?

"Basta uma pequena falha no movimento ou na fala para que o deficiente seja mal tratado"

"Basta uma pequena falha no movimento ou na fala para que o deficiente seja mal tratado"

Paula Campos Pinto, coordenadora do Observatório da Deficiência e Direitos Humanos do ICSP da Universidade de Lisboa, acompanha e avalia o desenvolvimento das políticas e a implantação dos direitos humanos das pessoas com deficiência em Portugal. A investigadora refere que "basta uma pequena falha no movimento ou na fala para que o deficiente seja mal tratado, menorizado, infantilizado". Paula Campos Pinto condena o desrespeito com que muitos dos deficientes são tratados e afirma que são precisas leis que protejam estes cidadãos. No entanto, salienta que as leis só por si só não chegam. É preciso acabar com o preconceito.

  • O que dizem os líderes partidários e cabeças de lista na hora de ir votar

    Europeias 2019

    O apelo ao voto é a tónica dominante em todas as declarações que pode ver e ouvir aqui.