Linhas Vermelhas

Miguel Morgado aponta "fracasso coletivo como povo"

Miguel Morgado abordou o artigo de Aníbal Cavaco Silva no "Linhas Vermelhas" desta quarta-feira.

Miguel Morgado abordou o artigo de Aníbal Cavaco Silva no "Linhas Vermelhas" desta quarta-feira, referindo os Governos de Aníbal Cavaco Silva como um algo positivo do ponto de vista da convergência real, sublinhando que tal prova o "fracasso" de Portugal.

"Cavaco Silva, do ponto de vista da convergência do país nos padrões da União Europeia, aquilo que interessa aos portugueses - se têm mais dinheiro, se têm salários mais elevados -, os três Governos dele foram a única experiência em democracia, desde a revisão constitucional de 1982, em que houve um processo de convergência real", diz o social-democrata.

Nas suas palavras, "isso atesta bem o nosso fracasso coletivo, como povo, como Estado, como sistema político".

Veja também: