Saúde e Bem-estar

Marta Temido reforça que vacinas contra a gripe são para pessoas com saúde vulnerável

Portugal comprou cerca de 2,5 milhões de doses de vacina contra a gripe sazonal.

A ministra da Saúde, Marta Temido, lembra que nem todas as pessoas precisam de tomar a vacina contra a gripe sazonal, reforçando que apenas pessoas com a saúde mais vulnerável devem ser imunizadas.

A vacinação contra a gripe arrancou esta segunda em Portugal, mais cedo do que o habitual devido à pandemia de covid-19. O país comprou cerca de 2,5 milhões de vacinas para serem distribuídas gratuitamente a grupos de risco pelo Serviço Nacional de Saúde.

A primeira fase da vacinação gratuita destinada a residentes, utentes e profissionais de estabelecimentos de respostas sociais, doentes e profissionais da rede de cuidados continuados integrados e profissionais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e também as grávidas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Na segunda fase, serão integrados os outros grupos-alvo abrangidos pela vacinação gratuita, destacando-se pessoas com idade igual ou superior a 65 anos e pessoas portadoras de doenças ou outras condições previstas na norma da vacinação contra a gripe 2021/22.

VEJA TAMBÉM: