Cultura

Costa anuncia dia de luto nacional pela morte de Eduardo Lourenço 

O ensaísta morreu aos 97 anos. 

O primeiro-ministro anunciou que esta quarta-feira, 2 de dezembro, será dia de luto nacional pela morte de Eduardo Lourenço.

Em declarações aos jornalistas, nas celebrações da Restauração da Independência, António Costa destacou as qualidades de pensador do ensaísta, que morreu durante a madrugada desta terça-feira, aos 97 anos.

Professor, filósofo, escritor, crítico literário, ensaísta, interventor cívico, várias vezes galardoado e distinguido, Eduardo Lourenço foi um dos pensadores mais proeminentes da cultura portuguesa.

Eduardo Lourenço Faria nasceu em 23 de maio de 1923, em S. Pedro do Rio Seco, no concelho de Almeida, na Beira Alta.