Cultura

Morte de Carlos do Carmo. Políticos lembram homem que libertou o fado e o reconciliou com a democracia

António Costa lembra amigo que defendeu o fado.

O Governo decretou 4 de janeiro de 2021 Dia de Luto Nacional em homenagem a Carlos do Carmo, revelou esta sexta-feira em comunicado enviado as redações.

O primeiro-ministro e o Presidente da República lembram um grande homem e uma grande figura da cultura, que libertou o fado e o reconciliou com a democracia.

A Câmara de Lisboa também lamentou a perda de uma voz que cantou algumas das canções mais emblemáticas da capital.