Cultura

Óscares: quem são os "adversários" da curta-metragem portuguesa?

Óscares.
Óscares.
Óscares - Imagem ilustrativa/Canva

Pela primeira vez, um projeto português foi nomeado para uma categoria dos Óscares. A história de João Gonzalez compete com quatro outras curtas-metragens.

Portugal está, pela primeira vez, na corrida a um Óscar. “Ice Merchants”, produzida pelo português João Gonzalez, integra os nomeados na categoria de melhor curta-metragem de animação. Conheça as histórias contadas pelas curtas que foram também distinguidas pela Academia norte-americana das Artes e Ciências Cinematográficas.

A curta-metragem portuguesa conta a história de um homem que vive no alto de um precipício com o seu filho. Todos os dias, o pai salta de paraquedas para chegar à aldeia e vender o gelo que produziram durante a noite.

O projeto foi distinguido no festival de Cannes, fazendo com que João Gonzalez se tornasse o primeiro realizador português de filmes de animação a ser premiado no festival francês.

João Gonzalez nunca esperou que o seu filme pudesse estar na corrida a um dos maiores prémios de cinema do mundo: "Comecei este filme como filme de escola, comecei a fazê-lo no meu quarto pequeno de Londres, nunca imaginei que poderia tomar este tipo de proporções. Foi uma surpresa muito agradável. Foram dois anos de trabalho, é muito gratificante, obviamente, sermos valorizados", contou à Lusa.

“Ice Merchants” é o terceiro filme de João Gonzalez, tendo produção portuguesa de Bruno Caetano, e coprodução com França e Reino Unido.

“The Boy, the Mole, the Fox and the Horse”

A curta-metragem da autoria de Charlie Mackesy e Matthew Freud foi também nomeada na categoria de melhor curta de animação. Conta a história de um rapaz que faz uma amizade improvável com uma toupeira, uma raposa e um cavalo e, todos juntos, partem em busca da casa da criança.

A história é baseada num livro de ilustração publicado em 2019 por Charlie Mackesy, que se tornou rapidamente num bestseller. A curta metragem tem sido altamente aclamada pela crítica, tendo já sido nomeada para o festival de cinema britânico.

“The Flying Sailor”

A vida de um marinheiro que lhe passa à frente dos olhos, num momento trágico. O trabalho desenvolvido pela dupla canadiana Amanda Forbis e Wendy Tilby tem vindo a ser altamente elogiado pela crítica.