Cultura

Sessão de Cinema: “As Armas e o Povo”

Memórias cinematográficas filmadas entre 25 de abril e 1 de maio de 1974
Memórias cinematográficas filmadas entre 25 de abril e 1 de maio de 1974

Este é um testemunho precioso sobre os dias vividos em 1974, entre o 25 de abril e o 1º de maio: um filme colectivo assinado pelos Trabalhadores da Actividade Cinematográfica.

Eis um filme que vale a pena descobrir ou revisitar. Pela força da efeméride, sem dúvida, mas sobretudo porque, historicamente (aliás, cronologicamente), é a primeira longa-metragem sobre o 25 de abril de 1974: "As Armas e o Povo" faz-se com imagens documentais recolhidas, sobretudo, durante as manifestações do dia 1 de maio de 1974, incluindo também alguns registos do próprio 25 de abril [ver vídeo com um extracto] .

É, afinal, um objecto resultante de uma aliança espontânea: perante a queda da ditadura e o regozijo das manifestações populares, um grupo de profissionais de cinema — José Fonseca e Costa, Fernando Lopes, Alberto Seixas Santos, António da Cunha Telles, António-Pedro Vasconcelos, entre outros — rapidamente mobilizou meios de filmagem para registar para a posteridade o que estava a acontecer nas ruas. Aliado deste trabalho foi o cineasta brasileiro Glauber Rocha, na altura em Portugal.

A assinatura da realização é colectiva (com a designação de Trabalhadores da Actividade Cinematográfica), condensando a energia emocional de um testemunho imediato. Não estamos perante uma análise histórica, ainda menos um discurso político muito elaborado: não havia distância temporal que o permitisse, era o momento que importava celebrar — daí que, hoje em dia, o filme faça parte do arquivo da Cinemateca Portuguesa.

O valor fundamental de "As Armas e o Povo" decorre, assim, da sua capacidade de apreender os contrastes de um momento histórico que transfigurou a história do nosso país, abrindo os caminhos para a democracia — daí que este seja um título cujo valor pedagógico levou à sua inclusão no Plano Nacional de Cinema.

DVD

Últimas Notícias
Mais Vistos