Desporto

Atlético de Madrid vai pagar à parte ao FC Porto o valor da formação de João Félix

JOSE SENA GOULAO

O valor corresponde aos direitos de formação do jogador.

O SL Benfica informou que será o Atlético de Madrid a pagar ao FC Porto o valor correspondente aos direitos de formação de João Félix, sendo que o montante será pago à parte.

O clube encarnado confirmou esta quarta-feira, em comunicado, a proposta de 126 milhões de euros apresentada pelo clube espanhol.

Os espanhóis dão de imediato 90 milhões e os 30 que faltam para bater a cláusula do jogador serão pagos através de uma entidade bancária. A este último valor estão associados os juros - cerca de de seis milhões de euros - numa operação que vai custar ao clube espanhol um total de 126 milhões de euros.

A confirmarem-se estes valores, a transferência de João Félix, de 19 anos, será a mais cara de sempre de um futebolista português, acima dos 100 ME que Cristiano Ronaldo custou à Juventus em 2018/19, e mais do que duplica o maior encaixe de um clube luso, ou seja, os 50 ME que o Real Madrid pagou ao FC Porto pelo defesa brasileiro Éder Militão, já em 2019.

O negócio entra também para o 'top-5' dos mais volumosos da história do futebol, igualando os 120 milhões pagos pelo FC Barcelona ao Liverpool por Philippe Coutinho, embora as variáveis previstas possam elevar a transferênca do brasileiro aos 160 milhões de euros.