Desporto

Jogos Olímpicos. Com uma 4.ª vaga à vista, Japão admite cancelamento se pandemia agravar

Japão regista mais de 4 mil novos casos em 24 horas.

A 99 dias da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos, o Japão admite cancelar a competição se os casos de covid-19 continuarem a aumentar no país.

Pela primeira vez desde o final de janeiro, o Japão ultrapassou as 4 mil infecções diárias. Os médicos falam numa quarta vaga, perante os números desta nova curva ascente.

Antes de viajar para os Estados Unidos, onde se vai encontrar com Joe Biden, o primeiro-ministro Yoshihide Suga afirmou que o Governo tudo fará para evitar a disseminação do vírus antes dos Jogos Olímpicos, cuja cerimónia de abertura está marcada para o dia 23 de julho.

A governadora de Tóquio, encara o cancelamento dos jogos apenas como uma opção e um forte incentivo à contenção do coronavírus.

  • 1:55