Desporto

Galeno renova com o FC Porto até 2027

Galeno
Galeno
Martin Rose

O avançado Galeno renovou contrato com o FC Porto até 2027.

O futebolista Galeno prolongou contrato com o FC Porto por mais um ano, até junho de 2027, segundo o relatório e contas da SAD dos campeões nacionais divulgado, esta quarta-feira, pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O avançado brasileiro, de 24 anos, regressou aos “dragões” em janeiro, proveniente do Sporting de Braga, numa transferência avaliada em nove milhões de euros, que lhe proporcionou um vínculo de quatro épocas e meia e uma cláusula de rescisão de 50 milhões.

“De referir também que o contrato de trabalho com o jogador Galeno foi prolongado por mais uma época, até 30 de junho de 2027”, lê-se no documento enviado à CMVM, no capítulo das operações com jogadores ocorridas após o fecho do exercício de 2021/22.

Depois da primeira passagem pelo FC Porto (2016-2019), abrilhantada pela conquista de um campeonato (2017/18), Galeno venceu uma dobradinha na época passada e abriu 2022/23 a arrebatar a Supertaça Cândido de Oliveira diante do Tondela (3-0), da Segunda Liga.

O extremo regista 36 partidas e sete golos ao serviço da formação orientada por Sérgio Conceição, sendo que, esta quarta-feira, inaugurou o marcador da vitória no terreno dos alemães do Bayer Leverkusen (3-0), em jogo da quarta jornada do Grupo B da Liga dos Campeões.

Além da renovação do contrato de Galeno, o FC Porto mencionou outras operações que vão integrar o exercício de 2022/23, por terem sido consumadas a partir de 1 de julho.

Nesse lote consta a “aquisição definitiva dos direitos desportivos de Stephen Eustáquio, André Franco, Gabriel Veron, João Marcelo, Samuel Portugal e David Carmo”, além da “cedência definitiva de Francisco Conceição, Sérgio Oliveira e Agustín Marchesín”, do “final do contrato de Chancel Mbemba e Rúben Semedo” e da “rescisão com Nakajima”.

Ao lucrar 20,765 milhões de euros na época 2021/22, o FC Porto registou o segundo melhor resultado líquido consolidado de sempre e prepara-se, segundo o administrador Fernando Gomes, para sair do regime de fair-play financeiro da UEFA, que já vigora desde junho de 2017.

Em 2021/22, a equipa liderada por Sérgio Conceição arrebatou o 30.º título de campeão nacional e a 18.ª Taça de Portugal, mas foi afastada na fase de grupos da Taça da Liga e da Liga dos Campeões, para além de ter alcançado os oitavos de final da Liga Europa.

Últimas Notícias
Mais Vistos