Desporto

Telma Monteiro diz que selecionadora Ana Hormigo foi demitida pela federação de judo

Telma Monteiro diz que selecionadora Ana Hormigo foi demitida pela federação de judo

Judoca anunciou nas redes sociais.

A olímpica Telma Monteiro revelou esta segunda-feira que a Federação Portuguesa de Judo despediu a selecionadora Ana Hormigo, a um dia de a equipa viajar para competir no Grand Slam de Abu Dhabi, de apuramento para os Jogos Olímpicos.

"Quando me perguntam como vão as coisas com a federação... vão assim: Amanhã vou viajar para a competição, a minha primeira depois da cirurgia ao joelho. Hoje, a federação despediu a treinadora Ana Hormigo, por email, no dia antes de a equipa viajar! Sem a equipa ou a própria saber de forma antecipada. Em semana de competição de apuramento olímpico", escreveu a judoca portuguesa.

Num texto longo, Telma Monteiro, a judoca portuguesa mais medalhada de sempre, voltou a deixar fortes críticas à Federação e à gestão do presidente Jorge Fernandes, informando que o dirigente terá dito que ou os atletas se retratam esta semana da carta aberta ou serão levados a tribunal.

No verão, sete atletas - Telma Monteiro, Catarina Costa, Patrícia Sampaio, Rochele Nunes, Bárbara Timo, Anri Egutidze e Rodrigo Lopes - escreveram uma carta, na qual acusavam o dirigente de opressão, discriminação e ameaças, lamentando o "clima insustentável e tóxico".

Poucos dias depois, a selecionadora nacional Ana Hormigo solidarizou-se com os judocas, afirmando que os mesmos "estão exaustos" e que "não querem estar sujeitos a um sistema que nem se digna a ouvi-los".

"Sábado, na reunião de planeamento, os treinadores foram informados de que eu, como outros atletas, já não temos verba do projeto olímpico - gerido pela federação - para realizar o planeamento que tínhamos feito", prosseguiu Telma Monteiro.

“Vou representar o meu país com a mesma vontade e orgulho, mesmo que tenha de pagar para isso”

Na mesma publicação, a judoca portuguesa intensificou as críticas, sublinhando que "com ações destas, a federação continua a demonstrar o pouco respeito que tem pelos atletas, pelas pessoas e a demonstrar que tipo de gestão desportiva exerce".

“Já nem somos só nós a dizer, são as ações a demonstrar que tudo o que dizemos é verdade!! Vou representar o meu país com a mesma vontade e orgulho, mesmo que tenha de pagar para isso, não duvidem!.”

No final da publicação, Telma Monteiro dirigiu-se particularmente a Ana Hormigo, que é também sua treinadora no Benfica.

"Para ti, Ana Hormigo: Como atleta, quero de alguma forma continuar a ter a tua presença nas competições e espero que as entidades responsáveis intervenham nesse sentido. Como amiga, digo-te que fico feliz que não tenhas mais de lidar diretamente com essa instituição. Que sorte a tua!", concluiu.

Últimas Notícias
Mais Vistos