Economia

O princípio do fim dos plásticos de utilização única na Europa

Paul Hanna

Conselho e Parlamento Europeu chegaram a um acordo provisório para o fim dos produtos de plástico de utilização única como pratos, palhinhas ou cotonetes.

Eric Gaillard

Falta apenas a assinatura formal porque o conteúdo do acordo já está fechado.

A ideia pretende proteger o meio ambiente reduzindo o lixo marítimo.

Assim, todos os produtos de plástico como pratos, talheres, cotonetes, palhinhas, agitadores para bebidas e varas para balões poderão ser proibidos já a partir de 2021.

Fica a faltar apenas a assinatura formal desde acordo.

  • O plástico invadiu a Biosfera
    5:45

    Mundo

    O alerta é de Charles Moore, oceanógrafo norte-americano, que há 20 anos chama a atenção para a sopa de lixo que existe no Oceano. Uma sopa com ingredientes variados, sobretudo de diferentes tipos de plástico, e que está a contaminar não apenas o ecossistema marinho mas toda a vida na terra. O ativista está em Portugal a convite da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT NOVA).

  • À procura de uma resposta científica para a invasão de plástico no ambiente
    1:21

    País

    No Dia Nacional do Mar, a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT NOVA) discute, esta tarde, o problema do lixo de plástico no oceano. O capitão Charles Moore, que descobriu a grande mancha de plástico do Pacífico Norte é o orador principal e partilhou com a SIC o receio de estarmos perante um problema que a humanidade poderá  não conseguir resolver. Outro dos oradores é o investigador português João Frias, do Instituto de Tecnologia Galway-Mayo na Irlanda, que tem desenvolvido investigação de base para se poder caracterizar melhor o problema. Para o diretor da FCT NOVA, Virgílio Machado, "a Universidade tem um papel importante a fazer o diagnóstico" e dar uma resposta científica. 

  • Diretiva para reduzir plásticos descartáveis é um "pequeno passo"
    1:20

    Mundo

    A tarefa é gigantesca, num mundo onde o plástico se tornou omnipresente no dia a dia. Prevenir e reduzir o impacto de lixo plástico no ambiente e na saúde humana é o objetivo da proposta de Diretiva que será votada esta quarta-feira, em sessão plenária do Parlamento Europeu (PE) em Estrasburgo, França. A SIC entrevistou Maria Westerbos, da Fundação Sopa de Plástico, que considera esta Diretiva "um pequeno passo" mas reitera que é preciso ir mais longe.