Economia

Taxa de desemprego em Itália cai para 6,3% em abril

MANUEL SILVESTRI

O número de desempregados à procura de emprego totalizou 1.543.000.

A taxa de desemprego em Itália caiu para 6,3% em abril, contra 8,4% em março, porque cerca de 484.000 pessoas deixaram de procurar trabalho devido ao confinamento e à paralisação da economia, foi hoje anunciado.

Segundo dados publicados hoje pelo instituto nacional de estatística italiano (Istat), assim, em abril, o número de desempregados à procura de emprego totalizou 1.543.000.

O instituto explicou que, pelo mesmo motivo, a taxa de desemprego juvenil também caiu para 20,3% em abril, representando uma queda de 6,2 pontos em relação a março, também devido ao efeito da paralisação das atividades que começou em 09 de março.

Desta forma, a taxa de pessoas inativas cresceu para 38,1%, mais dois pontos do que no mês anterior, representando 746.000 pessoas que não estão à procura de trabalho, mas, principalmente, devido ao encerramento das atividades devido à pandemia.

Em abril, a taxa de demprego caiu para 57,9%, menos 1,2 pontos do que no mês anterior e, no total, uma redução de 274.000 pessoas empregadas.