Economia

MacKenzie Scott torna-se a mulher mais rica do mundo

Danny Moloshok

Com uma fortuna avaliada em cerca de 57,5 mil milhões de euros.

A escritora, ativista e filantropa norte-americana, e também ex-mulher do fundador da Amazon, tornou-se a mulher mais rica do mundo de acordo com o ranking da Bloomberg.

A fortuna de MacKenzie Scott é agora avaliada em mais de 57 mil milhões de euros, ultrapassando Francoise Bettencourt, herdeira da empresa L’Óreal.

A ex-mulher de Jeff Bezos recebeu um quarto das ações do companheiro na Amazon, avaliadas em mais de 29 mil milhões de euros, quando o casal se divorciou em 2019. Torna-se, assim, a mulher mais rica do mundo e a 12.ª pessoa mais rica.

Em julho, a filantropa anunciou ter doado cerca de 1,5 mil milhões repartidos por 116 organizações, entre as quais de apoio às vítimas de desigualdade racial e instituições de luta contra as alterações climáticas.

No ano passado, MacKenzie juntou-se também a uma iniciativa criada por Warren Buffett e Bill e Melinda Gates que encoraja os milionários a doarem as suas fortunas a causas solidárias. De acordo com a CNN, o ex-marido Jeff Bezos não fará parte dessa lista.